sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Pequenas desventuras #04 - 22/11/12

Eu lembro exatamente que há um mês atrás eu falava com a gordinha do dentista que eu iria marcar a manutenção pra hoje, umas 17:15... Logo depois do meu trabalho.

Eu não citei isso aqui, né? Então, eu voltei ao meu antigo trabalho. Eu apaguei o texto que comentei sobre minha demissão mesmo, então finge que eu nem saí. E se você quiser atualizações em tempo real sobre a minha vida: CHUPA O MEU PAU E EU TE DOU SATISFAÇÕES DO QUE FAÇO OU DEIXO DE FAZER. Brincadeirinha, é só me seguir no twitter. Se bem que eu tenho sido meio relapso com a galerinha de lá... Chupar meu pau é a melhor opção. 

Por falar em chupar meu pau, eu tô precisando de dinheiros extra e me prostituir não funcionou, então eis aqui uma novidade:

HAVERÁ PUBLICIDADE NOS MEUS TEXTOS





Quando voltamos do feriado essa semana, recebemos uma maravilhosa notícia: 

Meu chefe conseguiu uma locação de 110 máquinas! Uau!
Só que não tem metade disso no estoque.
Ou seja, estamos pastando pra caralho pra fazer manutenção e repor o estoque de máquinas, deixando de fazer outras coisas... Enfim. Correria LOCA.
Lá no meu trabalhinho, marcamos o patrimônio da máquina no corpo dela com marcador industrial, isso aqui: http://www.piataborrachas.com.br/ecommerce_site/produto_13027_3543_Marcador-de-Pecas-Industrial-Traco-Forte-60-ml-Vermelho
Se liga na descrição do bagulho: 
"Marcador industrial com tinta permanente, em base solvente, escrevendo em todas as superfícies. 
Qualidades no Uso: Não escorre, não descasca, resistindo as intempéries e ação do tempo, à água, à fricção, óleo e impactos."
 Devia ser quase 16hrs quando fui marcar uma das máquinas e acabei pegando um marcador que tava meio zoado. 
Fui até a oficina, tirei o bico do marcador e o que aconteceu será explicado nessa elaborada simulação que fiz com avançados recursos visuais:



O gif ficou cagado, mas dá pra entender e eu não tô afim de consertar ele.

 
É isso, ganhei uma bela mecha vermelha permanente, em base solvente, que não escorre, não descasca, resistindo as intempéries e ação do tempo, à água, à fricção, óleo e impactos.
Passei o resto do expediente lavando a mão com QUEROSENE E THINNER e o cabelo com bastante sabonete líquido, sabão em pedra e paciência.
Beleza, cabelo (98,4%) limpo, lavei minha mão, dessa vez com sabão, tomei o café da tarde, me troquei e ai lembrei:
"Puta merda, ainda tenho que ir no dentista hoje..."
Fui pegar o papelzinho da dentista na carteira pra confirmar e...



Oh não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário