quinta-feira, 11 de outubro de 2012

#14SWU2011

Para você, que é burro: #14SWU2011 foi a tag oficial (no tuiter, claro, é bom avisar já que você é burro) do SWU - Cumeça cum ocê, rapá! no dia 14 de Novembro de 2011, que foi o dia que teve as bandas di roque.

Tudo começa quando eu vi o line-up que não era nada demais, porém me animou pra ir pois iria ocorrer em Paulínia, que é logo ali, assim... Se eu der a mão pra algum amigo e nós dois virarmos pra noroeste e peidarmos forte juntos vamos aterrissar lá em Paulínia. Então comentei com uns amigos que tava afim de ir e tal, falei as bandas e o Sebastian (o colombiano que representa a cota para estrangeiros conhecidos do Kaueh) esboçou uma expressão quando eu disse Megadeth semelhante a de um cachorro quando ouve "passear!" e então ficamos eu, ele e nossa trupe naquela de nói vai ou nói num vai? até a semana anterior do evento. Creio eu que na Quarta-feira o Caio me informou que havia comprado o ingresso. Foi aí que eu percebi que eu não podia dar pra trás, tava feito, NÓI IA. E foi resolvido muito em cima da hora. Meu ingresso e o do Lobo (o último integrante do quarteto) foram comprados um dia antes do início do festival e o do Sebastian foi comprado no dia que o festival começou.

Você se lembra que dia foi 14 de Novembro de 2011? Não, eu sei. Foi uma Segunda-feira. Véspera de feriado. Eu iria trabalhar nesse dia e de noite aconteceria o casamento de uma prima.
E então minha sorte entrou em ação na Sexta enquanto eu pensava em como negociar com a chefia, minha chefe entrou na oficina e disse "O que vocês acham de emendar a segunda e descontar um dia das férias?" eu sequer pensei na putaria que era descontar um dia das férias sendo que a empresa ficaria fechada e nem teria serviço e disse "SIM!!!!!!!!!" E abracei e dei um beijo no rosto dela. Não, eu só disse sim.

No dia do tão esperado evento, acordei 5:40! Sabe quanto tempo faz que eu não acordo 5:40?! Fazem dois dias, por mais espantoso que isso seja. Eu explico pra vocês depois.
Levantei, eu tinha dormido no meu pai, então ele me trouxe pra casa e aqui tomei meu banho, bebi muita água e fui ao banheiro inúmeras vezes. Sou muito precavido.

Algum tempo depois nos encontramos na frente da casa do Sebastian, ou era na frente da casa do Lobo? Eles são vizinhos, então... Vamos dizer que eu estava com um pé na calçada de cada um, tá bacana?
Beleza, da frente da casa do... Caralho. Do bairro rumamos pro centro de ônibus, isso que importa e é importante, aí descemos na Moraes Salles... Se você não é de Campinas, eu vou ajudar você a entender o que é a Moraes Salles... Mentira, foda-se você, azar o teu não habitar nessa maravilhosa cidade.
Na Moraes Salles tem algumas lojas de itens chineses que são vendidas por... Coreanos. Eu não faço a mínima idéia se são sul ou norte-coreanos, eu não ligo pra isso, só sei que não dá pra negociar com aqueles mercenários de olhos puxados... Aliás, os norte-coreanos podem sair do país bacana deles? Passamos em uma daquelas lojas e compramos algo que confundiria minha cabeça. Explicarei logo abaixo. Capas de chuva. Elas não servem pra muita coisa... E o (norte?) coreano da loja perguntando umas 17 vezes "É PRA PAURINA?" o que obviamente virou uma piada interna maravilhosa. Uma pena que esteja deixando de ser interna, pois agora você sabe.

Da lojinha andamos até o ponto de ônibus na... Rua que eu não lembro o nome agora e pegamos o ônibus pra rodoviária.

Esse texto tá ficando enorme né?
Ok, então vou fazer o seguinte: irei dividir ele em partes, não sei se serão duas, três, quatro, cinco ou mil partes. Só digo que a próxima parte tem dia pra sair: O DIA QUE EU QUISER, IDIOTA!


2 comentários: