segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Você deveria parar de beber.

Você se lembra de ter feito algo que se orgulha quando estava bêbado?
Eu lembro que ontem* tava falando merda pra caralho no MSN. Mais do que habitual. Ok, ninguém liga.

Enfim, a maravilhosa história de hoje de passa no dia... Ah, eu nunca lembro o dia. Foi em Março ou Fevereiro, sei lá, não faz diferença.

Era uma noite de Sexta-feira e estava quente, mentira, tava frio. Não, menti novamente, também não estava frio. Como você é bobinho! Então, nessa sexta com um clima agradável (agora é sério) não teve aula ou eu não fui mesmo, sei lá, mas a coisa é que eu saí com meus amigos na época, -- posteriormente eu iria descobrir que um deles é um idiota mas não fiquei tão surpreso assim -- e estava decidido que iríamos pra minha casa e beber...
Antes de chegarmos na minha casa eu sei lá o que aconteceu que resolvemos (eles resolveram) ir pra casa de uma menina amiga deles que inclusive se referiam à ela como "fácil" e passou pela minha cabeça "Ih, uma menina com má fama e quatro garotos bêbados... Isso não vai dar certo, não tô nessa vibe de sexo grupal não."
Eles berraram a tal garota na frente da casa dela e nada da menina aparecer. Pensei eu: "Ótimo, mais um dia sem DST!!" e rumamos pra minha casa, já estávamos na minha rua quando o celular de um deles toca e adivinha... Era outra menina perguntando onde a gente tava indo e chamando pra ficar na frente da casa dela. Definitivamente eu deveria contrair HIV naquela noite.
Fomos até a frente da casa dela, ficamos falando bosta até o momento que decidimos ir até o depósito de bebidas e lá compramos (eu comprei, afinal quem tava na FRENESI de encher a cara aquele dia era eu) duas garrafas de umas vodcas com sabor (que eu me arrependi de ter comprado por série de motivos, continue lendo, apenas isso) era uma de maracujá e a outra de limão, limão pois a tal menina disse que era boa, então ok, indo de volta pra frente da casa da infeliz, abrimos a de maracujá, que já uma velha conhecida minha, diga-se de passagem.
Então dois dos caras que estavam comigo e a menina informam que não estão muito afim de beber... ÓTIMO! Porque por alguma razão, eu só tinha comido umas batatas fritas no almoço, estamos em dois pra beber... Legal, dá pra tomar 2/3 de uma garrafa, queimar algo com ela e enfiar a outra garrafa fechada no meu cu!!!

E definitivamente eu devia ter enfiado aquela garrafa no meu cu. Zeramos a garrafa de maracujá e abrimos a aquela bosta de limão. Logo de cara o cheiro daquilo me assustou e foi a primeira vez que eu me arrependi de ter comprado ela. Colocamos eu e meu companheiro (esse não foi o que descobri que é idiota, o cara é brother) o tal suor do demônio no copo e em mais uma escolha errada naquela noite eu disse "Vamo virar?" ouvi uma resposta positiva e uma contagem.
PUTA QUE O PARIU!
Aquilo tinha gosto de desinfetante. Quer sentir o drama? Vai agora até o banheiro e enche um copo.
Mas foda-se, meu paladar já não estava tão apurado então vamos acabar com essa bosta.
E pouco tempo depois tínhamos duas garrafas vazias. Sabe o pior? Eu estava praticamente sóbrio! Fiquei um tempo sentado... E lembro das coisas exatamente nessa ordem: Comentei com eles "acho que estou ficando bêbado agora hahahah", liguei pra minha amiga Amy, cantei um sertanejo de raiz com meu amigo, urinei no terreno da frente da casa dela, dancei com o outro que não bebeu (na verdade ele tomou uns dois copinhos) e que também não é o idiota, eu dando dois passos em uma direção qualquer e por último:
EU ACORDANDO 6:32 NA CAMA DA MINHA MÃE com uma sensação horrível: sentindo como se um rinoceronte tivesse entrado na minha cabeça e tava cagando pra tudo quando é lado... E então pensei numa outra coisa... Como eu vim parar aqui? Meu cu piscou numa intensidade que eu podia cortar um charuto.
A dúvida é uma das piores sensações do mundo... Será que eu fui pro hospital e minha mãe me buscou? Será que eu vomitei? Será que eu perdi a chave? Será que eu fui arrastado pelos caras até aqui?
Eu saí procurando chave, carteira, tudo! Tava tudo bem e o celular tava comigo, a carteira eu tinha largado em cima da TV... Bem, a chave eu tinha deixado do lado de fora da porta, mas isso é normal, e minha mãe e minha irmã chegaram em casa pouco depois da meia-noite e eu já me encontrava daquele jeito largado. Mas eu ainda não sabia como cheguei em casa!
 O que eu lembro agora é que eu estava sentado em uma das entradas do Parque Dom Pedro Shopping que inclusive eu não lembro se vi agora uma árvore, ou uma colina artificial e estranha, ou água... Enfim, eu tava lá sentado quando perguntei no tuíter pro cara que bebeu "Mano, como eu cheguei em casa? Meu troco ficou contigo? Eu não lembro merda nenhuma..." por sorte ele estava com a minha grana, ai beleza, tudo certo, tudo ok. Estou aliviado agora.
Dois minutos depois, pro meu total horror o outro bróder diz: TU VOMITOU LOL
Fiquei paralisado por uns minutos... E aceitei a verdade: SE EU NÃO LEMBRO EU NÃO FIZ PORRA NENHUMA!

Moral da história: Você não deveria beber, principalmente de estômago vazio e eu não vomitei.


*Não faço a mínima idéia de que dia eu comecei a escrever esse texto, aliás, foi junto com o último, dá uma olhada na data dele. (:

2 comentários:

  1. Oh, nesse texto eu experimentei algo que foi basicamente encher de palavrão e exageros pra ficar um pouco mais engraçadinho. Eu ia colocar como uma anotação nele mas esqueci. HE

    ResponderExcluir